Jornalista Meireles

Saturday, March 22, 2003

Homens Rústicos

Homens Rústicos


Amam-se os homens como amam-se as flores
e se exalam, e se eles rezam.
Amam pela sabedoria e nunca pela descrença.
Porque nela o amor é labirinto.

Purifica tua mão e teu semblante será perene
Joga-te sobre a neblina e veras: Coragem.
Amam-se os homens não pela força que medem
mas pelas flores que crescem em seus ramos.

A ti, o vento será favorável e todas as estações,
Serão consagradas sobre o livro dos teus frutos.
A eles não caberão o poder das palavras
Mas o verde que do ventre exprime.

Mas, como o amor é muito mais que fruto e flores e ramos.
Amam-se os homens pelo poder de ser
de criar, procriar, responder
Simplesmente consagrar-se: Natureza.

Emiriene Costa