Sunday, March 06, 2005

A Roda-Gigante

A Roda-Gigante

O mundo é grande
E minhas sensações incertas,
As vezes parece que meus pés estão tão soltos
Em outra parece que nem os sinto.

A vida parece uma escada de tempos,
As vezes me vejo disperso,
Em outra não vejo...
E tudo se parece com um escárnio doce e seco.

O mundo é muito pequeno,
As vezes te vejo calado,
Em outras sorri de mentira
As vezes me encontro acordado.

A vida é um aeroporto quadrado
Que me deito quando estou dormindo,
E desperto quando extasiado
Subindo tranqüilamente, subindo.

O mundo é muito volúvel
Parece crescer sem parar,
Parece pequeno e subo
A rir, a sorrir, a cantar.

Emiriene Costa

0 Comments:

Post a Comment

<< Home